PUBLICIDADE
Falta de recadastramento do SUS pode comprometer cerca de R$ 4 milhões em Itu 17 fev 2020 | 216 visitas
(Foto: Arquivo/ Prefeitura)

Os ituanos poderão fazer o recadastramento no Sistema Único de Saúde (UBS) até o dia 17 de abril, de forma presencial em todas as 16 Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

No ato do recadastramento, o munícipe precisa apresentar os originais de Documento de Identificação com foto (RG, CNH ou Passaporte), de CPF, de Certidão de Nascimento ou de Casamento e de comprovante de endereço.

O recadastramento é fundamental para que ocorra o repasse de verbas da União, condição constante do Programa Previne Brasil. Instituído por meio de portaria datada de novembro de 2019, o Programa Previne Brasil estabelece novo modelo de financiamento de custeio da Atenção Primária à Saúde no âmbito do SUS.

Ainda segundo a referida portaria, o cálculo para a definição dos incentivos financeiros terá como base o quantitativo da população cadastrada, com atribuição de peso por pessoa, considerando os critérios de vulnerabilidade socioeconômica, perfil demográfico e classificação geográfica.

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde, portanto, solicita a colaboração da população ituana para que o recadastramento seja efetuado dentro do prazo previsto, o que evitará que a cidade perca repasse de verba federal para o SUS. Essa perda representa um montante de R$ 4 milhões, o que comprometerá significativamente os serviços do SUS no município de Itu.

O recadastramento também poder ser realizado pelo site https://itu.sp.gov.br/inscricoes/recadastramento-obrigatorio-sus/, online 24 horas.

Roberta Rocha - Jornalista

Tempo

PUBLICIDADE

Mais Vistos

  1. Após reforma, antiga escola “Convenção de Itu” vai receber mais de 250 alunos em tempo integral
    5.783 visitas
  2. Dono de adega no Bairro Alto sofre tentativa de homicídio
    2.138 visitas
  3. Com investimento de R$2,2 milhões, avenida do Rancho Grande ganha Polo Turístico e Gastronômico
    1.782 visitas