PUBLICIDADE
Polícia Comunitária da GCM visa aproximação com a comunidade 26 out 2018 | 9 visitas

(Foto: Divulgação)

A atuação da Guarda Civil Municipal (GCM) tem sido ampliada na cidade, por meio de uma proposta diferenciada implantada pela atual administração. Para colocar em prática a ideia central da denominada Polícia Comunitária, o comando da GCM tem viabilizado a aproximação entre os profissionais de segurança e a comunidade.

Esse novo modo de oferecer o serviço policial à população já pode ser notado pela ronda feita nas ruas centrais e também em escolas localizadas na região do Pirapitingui, mais precisamente no período noturno. Essa proximidade tem como objetivos orientar o cidadão, estabelecer ações preventivas para melhorar a qualidade de vida local, sem que o trabalho da GCM deixe de ser enérgico com marginais e agressores da sociedade.

Os princípios da Polícia Comunitária são filosofia e estratégia organizacional; comprometimento da organização com a concessão de poder à comunidade; policiamento descentralizado e personalizado; resolução preventiva de problemas a curto e a longo prazos; ética, legalidade, responsabilidade e confiança; extensão do mandato policial; ajuda às pessoas com necessidades específicas; criatividade e apoio básico.

Em Itu, os guardas redigem relatórios de reclamações de munícipes e indicam, por exemplo, pontos importantes para a segurança como a troca de iluminação, além de mais de 40 GCMs atuarem na fiscalização de posturas, revelando a amplitude da segurança pública.

(Fonte: Secretaria de Comunicação)

Roberta Rocha - Jornalista

Tempo

PUBLICIDADE

Mais Vistos

  1. Dono de adega no Bairro Alto sofre tentativa de homicídio
    2.014 visitas
  2. Defesa Civil interdita prédio do Ituano Clube
    433 visitas
  3. Abastecimento de água em Itu é interrompido após contaminação criminosa
    377 visitas