PUBLICIDADE
Dona de pensão é presa por suspeita em morte de trans encontrada em Itu Por: | 2 jul 2020
(Foto: Polícia Civil)

Na noite desta quarta-feira (1º), a Polícia Civil prendeu um casal suspeito de assassinar uma mulher trans. O corpo foi encontrado carbonizado, na estrada dos Confederados, área rural de Itu, no mês de maio.

O homem, identificado como Douglas, se apresentou na Delegacia acompanhado da esposa, Natasha, que teria ajudado levar o corpo ao local encontrado.

Segundo informações, o rapaz confessou o crime e alegou legitima defesa, após uma briga.

A mulher trans, identificada como Vic Santos, de 22 anos, foi encontrada carbonizada. Segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML), o corpo tinha sinais de estrangulamento.

Ainda segundo informações da Polícia, Natasha gerenciava uma casa de mulheres trans e travestis, onde Vic morava, em Sorocaba.

O advogado do casal afirmou que se trata de um homicídio culposo – quando não há intenção de matar -, pois Douglas agiu em legitima defesa. Já sobre Natasha, a defesa alegou que ela não teve participação no crime.

O carro do casal foi apreendido e passará por perícia. O caso corre em segredo de justiça.

Compartilhe...

Tempo

PUBLICIDADE